Seguidores

terça-feira, 3 de maio de 2011

DOSES ILUSÕES

Foi estranho saber
Que me vestiu,
com suas palavras
Dizendo por ai
Que sempre será noite
Em minha vida oca,vazia
.
A verdade nunca soube
Minhas vestes são da vida
Não das suas ironias,e fantasias
Cada flecha que me lança

Acendo tochas
Ilumino a minha vida.


Many Pallo

Nenhum comentário:

Postar um comentário